quinta-feira, 25 de março de 2010

Caso Isabella

Não costumo me pronunciar ou até mesmo me interessar por assuntos tão overexposed, mas, vendo tantas matérias e coberturas desse julgamento, vou escrever algo sobre isso e dar a minha opinião.

Como eu não estava no apartamento dos Nardoni e não vi o que aconteceu, não posso afirmar que eles são culpados ou inocentes. Não estou aqui pra julgar ninguém. Porém, vendo a cobertura jornalística na TV, penso que todos estes jornalistas estão fazendo um tremendo “desserviço” à sociedade.

Existem provas técnicas, perícia e o escambau. Mas essas provas são altamente questionáveis e, se o casal Nardoni clama inocência, acho que, no mínimo, eles têm direito ao benefício da dúvida. Agora, todos estes apresentadores de televisão só chamam advogados, estudiosos, técnicos e psicológos que estão contra o casal. Eles não chamaram ninguém pra fazer um contra-ponto. Aliás, a maioria não referem-se a eles como “acusados de assassinato” e sim como “assassinos” – faltando dias pra proclamação do veredito.

Se os Nardoni estão parados e com uma atitude calma e serena, isso é interpretado pelos "experts" como uma atitude fria, de pessoas sem coração. Porém, será que se eles tivessem chorando, essa atitude seria interpretada como compaixão e tristeza?? Porque, pra mim, eles falariam que eram lágrimas de remorso. Não dá pra presumir a culpa de um acusado pelas reações dele. Ou ninguém se lembra da Suzane chorando compulsivamente no enterro dos pais que ela assassinou?? Aliás, estou vendo muitos jornais e matérias associando esse caso da Isabella com o caso da Suzane - mas nesse segundo caso, o julgamento não era pra determinar se ela era culpada ou não - e sim para estabelecer qual era a parcela de culpa de cada um dos envolvidos.

Eu, pessoalmente, acho que ainda falta alguma coisa no caso Isabella, tanto para a promotoria como para a defesa. A promotoria ainda não apresentou um motivo para o crime suficientemente plausível (sorry, mas a madrasta ter ciúmes da menina não é o suficiente) e eu acho que, mesmo que eles quisessem matar a Isabella, sendo tão frios e calculistas como a promotoria alega que eles são, eles teriam matado-a de uma maneira muito mais discreta. E não ter atirado-a pela janela no jardim frontal do prédio.

Ao mesmo tempo que também não acredito que alguém tenha invadido o apartamento dos Nardoni exclusivamente para agredir a menina e jogá-la da janela. Sem contar que o álibi do casal está meio furado.

Anyway, o caso é que a mídia já elegeu, julgou e condenou seus culpados – até mesmo porque, se eles forem declarados inocentes, o crime continuará sem solução e sem ninguém pra culpar.

Por conta disso, o público também já condenou o casal Nardoni. E essa certeza da autoria do crime se dá porque foi a televisão quem contou e mostrou isso. Pessoas simples, que não têm uma visão mais contestadora, vão acreditar em qualquer coisa que o seu apresentador favorito disser pra elas dentro do seu programa, acompanhado de experts e peritos com a mesma visão (sem ninguém pra contestar nada); entre os anúncios de shampoo pra cabelo, aparelhos de ginástica e pílulas de emagrecimento.

Essas pessoas são as mesmas que estão lá na frente do fórum, gritando, julgando e condenando sem ao mesmo saber se têm razão. São eles quem estão lá vaiando pra família dos acusados – os quais não têm nada a ver com o crime. E também são eles quem estão agredindo e esmurrando o advogado de defesa do caso – protestar contra a violência usando violência parece-me um pouco contraditório, não acham?

Eles são o reflexo do que a mídia criou...

5 comentários:

  1. Meu sonho era a confissão .... deles ou do terceiro elemento ... mas alguém fez e eu quero ter a certeza disso !!!
    Lov U

    ResponderExcluir
  2. E meu sonho é que eles sejam condenados e, depois disso, um terceiro elemento venha a luz e confesse - e ver a cara de tacho desses experts e apresentadores fuleiros de TV no chão!

    ResponderExcluir
  3. Eu acho q a mídia não criou essa imagem, penso que toda essa "super" cobertura que estão dando para esse caso e sim a indignação pelo fato ocorrido, Isabella era uma criança cheia de vida pela frente e tiram isso dela brutalmente.

    Vc diz q não existe provas suficiente para condená-los, mais pq tbm não existe provas para inocentá-los não ha nem um vestígio desse terceiro elemento, imagem na câmera do prédio, pegadas, sinais de luta.... nada.

    Eu acho que são culpados até q se prove o contrario.

    ResponderExcluir
  4. Oi Denilson! :)
    Tudo bom?? Saudades do sr, mande notícias!

    Então, como eu disse, está faltando provas e muitos fatos de ambos os lados! E, com certeza, este crime está tendo uma cobertura pela natureza hedionda do crime... mas, a minha crítica é que a mídia já apresentou os culpados, na opinião dela, antes do julgamento começar... O que eu acho errado... acho sim que todo mundo tem o direito de expressar sua opinião e tudo mais, mas, ao meu ver, os fatos são noticiados de maneira tendenciosa... não tem ninguém pra fazer o contra-ponto.. pra questionar... isso que tá faltando na cobertura jornalística.

    ResponderExcluir
  5. Di, entendo seu ponto de vista. Estou acompanhando tudo e percebi exatamente isso. Em todos os debates da tv nao ha um so advogado que lhes dê o beneficio da duvida.
    Não gosto de afirmar nada nesse caso, mas alguem matou aquela criança e , como disse o Denilson, nao ha provas para inocenta-los!
    bjs

    ResponderExcluir